quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Frequentadores do Narcóticos Anônimos realizam palestra para o efetivo bombeiro militar da 5ª Companhia Independente em Santana

Hoje pela manhã, aconteceu na Sala de Instruções da 5ª Companhia Independente do Corpo de Bombeiros, em Santana uma palestra para o público militar da referida instituição.

Os palestrantes foram pessoas ainda em recuperação que frequentam a Irmandade Narcóticos Anônimos (NA). 

O encontro nos auxiliou na compreensão a respeito do trabalho desenvolvido no Estado com os usuários de drogas lícitas e ilícitas. Na oportunidade foram esclarecidas dúvidas sobre a filosofia do grupo, dos locais de reunião, quem pode participar, do início da formação da entidade Narcóticos Anônimos, onde ela atua,  e o mais curioso, das expressões utilizadas no âmbito deste nicho tais como "estou limpo", "adicto", "poder superior", "defeitos" para que a mensagem dos palestrantes fosse compreendida por todos.

É importante dizer que o tratamento é realizado com a união de todos, um ajudando o outro para minimizar as compulsões e os efeitos físicos e psicológicos advindos das crises de abstinência. As pessoas não são forçadas a participar mas vão de livre vontade e tentam mudar as convicções para uma melhoria de vida.

Foi colocada ainda a regra dos 12 passos e 12 tradições, que dizem respeito a condutas que o indivíduo em tratamento necessita compreender e levar como metas diárias em busca do próprio resgate.

Os palestrantes relataram suas experiências pessoais para demonstrarem sua luta e coragem, não trazem a entidade Narcóticos Anônimos como a salvação completa, "o NA não é a porta do céu mas com certeza é a saída do inferno", disse H, pois são oferecidas somente ferramentas para o controle da doença, o adicto, ou pessoa em tratamento, usuária de drogas, deve utilizar essas ferramentas se tiver boa vontade em melhorar, isso significa ainda em mudança de hábitos e comportamento. 

O intuito da palestra não foi somente sensibilizar mas, segundo eles, a própria prática de estarem ali se expondo para relatarem fatos de suas vidas já faz parte do processo de recuperação.
Parte do efetivo da 5ª CIA

A filosofia dos 12 passos serve para todos, inclusive, para aqueles que não possuem nenhum problema com drogas, pois são pequenas sugestões que auxiliam o indivíduo a tentar resolver os seus problemas pessoais, são metas que ensinam a conviver melhor consigo e com o outro.

Para o Corpo de Bombeiros, como entidade, é de suma importância encontros como estes para termos noção de como deve ser feito o atendimento de pessoas que usam entorpecentes, bem como saber para onde podemos encaminhar tais indivíduos.

Parabenizamos estas pessoas que conseguiram erguer suas cabeças em busca do resgate de suas vidas do mundo das drogas.

O anonimato delas será levado em consideração por nós como forma de respeito, pois como são indivíduos em recuperação, o preconceito da sociedade pode atrapalhar o tratamento, por esse motivo a identidade dos palestrantes será preservada.

Caso necessite do apoio do NA, abaixo estão os grupos em Macapá e Santana.
  1. Grupo Renascer de NA: Av. General Rondon, anexo da Igreja São Benedito, Bairro do Laguinho, Macapá, Amapá - Reuniões às quartas-feiras, às 20:00h;
  2. Grupo Fazendinha: Distrito de Fazendinha, anexo da Igreja Matriz, s/ nº - Reuniões às Sextas-feiras, às 20:00h;
  3. Grupo Vida NA: Rua Ubaldo Figueira, Centro Urbano Vitória Régia, Santana- Reuniões às sextas-feiras, às 20:00h;
  4. Grupo em Macapá: Rua Jovino Dinoá com Av. Tupiniquins, Beirol, Macapá, Próximo ao quartel da Polícia Militar - Reuniões às Terças-feiras, às 20:00h.
Telefone do NA Macapá para contato: (96) 9976-6548 (Tim)
Site: www.na.org.br  
e    www.gruposdena.blogspot.com



sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Internet na 5ª Companhia Independente agora é realidade

Tenente BM Adalberto na Seção de
Comunicação Social da 5ª CIA

O Comando da 5ª Companhia Independente sempre buscou a qualidade no seu serviço, por esse motivo, foram realizadas inúmeras discussões sobre a melhor forma de se implantar a internet em nossos departamentos.
A SAL obteve apoio significativo após a chegada dos oficiais complementares que, na pessoa do senhor 1º tenente BM Adalberto Tó de Araújo Junior, chefe da divisão de informática no quartel do Comando Geral, veio unir suas forças conosco em prol desse projeto.
Muitos orçamentos foram discutidos, ações para levantar os fundos necessários à compra desse material  foram realizadas  e muito empenho de todos os militares envolvidos.
Hoje, vê-se que valeu a pena pois a internet está funcionando a todo vapor.
Pesquisas importantes são realizadas, a comunicação tornou-se mais ágil, atualizações do Blog da Companhia são feitas em tempo.
Nossos serviços são dinamizados por esse recurso tão indispensável em qualquer repartição pública.

Foto: SECOMS 5ª CIA.

Húngaros aventureiros visitam 5ª CIA do Corpo de Bombeiros em Santana

Mapa da Hungria
Ontem chegava à nossa Companhia Independente dois cidadão húngaros pedindo abrigo em nosso quartel, os mesmos queriam estada segura por uma noite, partiriam cedo pela manhã.

Ferenc Ivanics e Istvan Ivanics são irmãos, não possuem esposas, têm aproximadamente 39 anos, possuem pais ainda vivos e estão visitando o Brasil por conta da vivência de uma última aventura antes de aquietarem o espírito aventureiro.

São praticantes de montanhismo e outras atividades consideradas radicais, estão há pelo menos 4 anos longe da Hungria, seu país de origem. Saíram pelo mundo em busca de novos conhecimentos, fazem suas viagens a pé, são andarilhos por opção, até o momento percorreram 40.000 km, no Brasil já se somam 19.000 Km percorridos.


Ferenc Ivanics.
Estão felizes e satisfeitos em andar por aí conhecendo novas culturas e línguas, Ferenc Ivanics é o mais falante da nossa língua portuguesa e complementa sobre a experiência inusitada: "é uma escola". Outro objetivo é entrar e contato e conhecer pequenas comunidades húngaras instaladas no mundo.

Sd BM Cardoso,
 Ferenc Ivanics e Istvan Ivanics,
os andarilhos húngaros. 
O trajeto é feito a pé com suas mochilas onde carregam tudo o que precisam, contam com a hospitalidade das pessoas que encontram, sempre fazem assim, caminham um mês e se instalam no outro e algum lugar para trabalhar e arrecadar dinheiro para o restante da jornada.

Boa sorte a estes cidadãos nas descobertas de novas experiências ao longo deste caminho que escolheram.

Fotos: 5ª CI/ COI;
www.1.bp.blogspot.com


quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Corpo de Bombeiros participa da formação de 21 alunos do Estágio de Técnicas de Patrulhamento motorizado com uso de motocicletas em Santana


Simulação de Acidente de Trânsito

No dia 16 de agosto, quinta-feira, foi ministrada pela Cb BM Fem Hellen, no auditório da Polícia Militar do 4º Batalhão, em Santana, instrução de Noções de Primeiros Socorros à turma de Estágio de Técnicas de Patrulhamento motorizado com uso de motocicletas.

Abordagem da vítima.
Encontro este muito proveitoso para ambas as partes, já que foi possível um conhecer o trabalho do outro, sendo este o ponto de partida para o debate.

O encontro possibilitou ainda que fossem abordados pontos acerca do papel das instituições bombeiro e polícia militar em casos corriqueiros do cenário do trânsito, área onde os alunos, após encerrado o estágio, irão atuar.
Simulação de vítima grávida com metrorragia.

As noções de primeiros socorros aplicados aos policiais é de suma importância, não no sentido de haver uma substituição de funções ou papéis, mas no sentido de auxiliar o corpo de bombeiros em ocorrências de grande vulto quando for necessário, ademais, o policial militar deve estar preparado para realizar o atendimento básico ao seu companheiro e ao cidadão enquanto a ambulância do corpo de bombeiros, serviço especializado, não chega ao local.

Retirada de capacete e imobilização da cervical.
Deve ainda estar preparado para agir com autonomia em situação pior que a demora do apoio especializado, e nesse contexto, a falta da ambulância se insere como agravante a uma ocorrência tornando-a de dimensão caótica extraordinária. Portanto, o auxílio de policiais militares que tomam o controle de ocorrências atípicas, onde seja necessário agir com  o emprego de noções básicas de atendimento pré-hospitalar é imprescindível para a população, já que tal atitude está inserido no lema policial militar "servir e proteger".
Cabo BM Hellen orientando sobre os procedimentos.

Baseado nisto, foi realizado ainda uma simulação prática onde se proporcionou o aprendizado das técnicas básicas do atendimento pré-hospitalar em caso de acidente de trânsito, onde uma guarnição de patrulha motorizada em moto, pôde chegar ao cenário sinistrado, verificar que se tratavam de múltiplas vítimas, realizar a abordagem das mesmas, executando o exame primário e privilegiando vítimas inconscientes, tudo isso sob a pressão tensa da população que estava aos arredores. Feito isto, o estágio pode discutir sobre os pontos negativos e positivos da ação, bem como observar as dificuldades que a situação apresentou e refletir sobre as atitudes tomadas.
Vítima de acidente de trânsito com fratura em costela e suspeita
de hemorragia interna.

Mediante experiência vivenciada, a 5ª Companhia Independente somente parabeniza os alunos policiais militares que se dispuseram a serem receptivos a tais conhecimentos e enaltece a iniciativa de se ter um espaço, dentro da matriz curricular do estágio, dedicado ao debate e à reflexão, tão importantes para ambas as corporações.

Fotos: Alunos do Estágio.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Pontos de Abastecimento de Água em Santana

Foi visto anteriormente como se inicia um dia de serviço dos Bombeiros de Santana, é trabalhoso mas é um conjunto de ações que, além de serem previstas em protocolo, se faz necessário para que se verifique todas as condições dos equipamentos e das viaturas que serão utilizadas no serviço.

Após o recebimento, é de praste que o oficial chefe de socorro, o tenente que está à frente do serviço e responsável por todo o desenvolver da guarnição naquele dia, possa orientar os seus comandados a realizarem uma verificação no município sobre os postos de abastecimento de água.

Normalmente esse serviço é feito pela guarnição do Auto Bomba Tanque, guarnição de combate a incêndio.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

O início do dia a dia no serviço bombeiro militar


Ambulância aguardando a guarnição para o recebimento
do serviço
O dia de um bombeiro militar começa cedo, normalmente se entra em forma em frente à bandeira do Brasil às 07:45h. A guarnição se reúne em frente à Bandeira por vários propósitos: Para cumprir o ritual do asteamento, sendo que a Bandeira do Brasil é um dos símbolos máximos da nossa pátria;  para ter conhecimento do oficial de dia, militar que está no comando do serviço e que, neste momento, dirá como ele deseja que se transcorra o serviço, ele ditará as regras à guarnição que passará 24h dentro do quartel; neste encontro inicial, é também realizada uma oração, um militar sai de forma e pede à Deus, junto com os demais bombeiros, a benção e a proteção divina no decorrer do dia. 

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Ocorrências de Salvamento no município de Santana em Julho - Ano 2012

O Salvamento em altura utiliza equipamentos especiais como
freio oito, mosquetão, cordas e cadeirinhas.
O Salvamento é inerente à nossa área bombeiro militar.


Nossos serviços possuem uma divisão didática já que as ocorrências são diversas.

O salvamento se subdivide em terrestre, aquático e em altura. Agrega ocorrências como vítima presa em ferragens num acidente de trânsito, auxílio ao SAMU com os pacientes psiquiátricos, afogamento, resgate de pessoa desaparecida nas águas e em área de floresta,  resgate de corpos, desalagamentos de residências, resgate de tentantes em suicídio, enfim, existem muitas ocorrências que podem se enquadrar neste grupo.

Agora no verão, que em nossa região, é percebido por volta do mês de julho, com o aumento das temperaturas e pouca chuva, uma ocorrência bastante corriqueira que é a extinção de abelhas ou insetos.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Ocorrências de Incêndios em Santana - Gráfico do mês de Julho - Ano 2012

O clima ainda deixa resquícios das últimas chuvas do primeiro semestre, ou seja, sempre nesse período há um índice pluviométrico bem maior que em qualquer outra época do ano.

No entanto, tal fato não é  o suficiente para evitar que ocorram os incêndios em residências e em vegetação.

Aliás, você sabia que no período das fortes chuvas os incêndios têm se comportado diferente do que acontecia há mais ou menos 08 anos?

Sim, a proporção de ocorrências de incêndios tem crescido no tempo chuvoso. Isso se dá pelo crescimento populacional desordenado das cidades, e em Santana, hoje considerada cidade média, não seria diferente. 

Com as pessoas migrando cada vez mais para as 09 áreas de ressaca do município, já ocupadas mas não ainda esgotadas, estes locais crescem sem a estrutura necessária para acomodar tanta gente. 

Normalmente nesses lugares não há água encanada e energia elétrica, dois recursos essenciais para se viver. Por não haver energia elétrica, o número de ligações clandestinas é grande. É um emaranhado de fios que não se sabe onde começa e nem onde termina.


Com as chuvas é corriqueiro acontecer os curtos circuitos, causa para grande parte dos incêndios no período menos quente do ano.
Ligações clandestinas das Regiões Periféricas das cidades.

Abaixo estão as ocorrências de incêndio atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amapá, no município de Santana, no mês de julho, em 2012.
Fonte: Estatísticas da Seção de Pessoal da 5ª CI/ COI, dados extraídos dos relatórios de ocorrência, catalogados pelo sd BM Clinger, e formatados no gráfico em barras pela Cb BM Fem Hellen.

Fogo em veículo: incêndio que ocorre em qualquer tipo de carro;
Incêndio em Estabelecimento Comercial: Incêndios que ocorrem nas edificações de madeira ou de alvenaria que abrigam qualquer tipo de negócio;
Vazamento de gás: Nesse caso, pode ocorrer incêndio ou não. O vazamento de gás é um tipo de ocorrência que deve ser atendido pela nossa guarnição de combate a incêndio, mesmo não tendo chama, pois há procedimentos específicos e cuidados que devem ser executados pelo profissional da área;
Princípio de incêndio: São aqueles incêndios que são atendidos e extinguidos antes que tomem outras proporções e se configurem em um incêndio de médio e grande porte;
Outros: Qualquer outro tipo de incêndio proveniente de situações raras, que fogem do normal.

Foto: Internet.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Vistorias Técnicas em Santana - 1º Semestre 2012

A Seção de Vistorias Técnicas procura realizar suas atividades nos estabelecimentos de Santana para promover a segurança dos frequentadores desses ambientes. 

Os serviços de vistoria técnica e concessão do Álvara de Vistoria aos estabelecimentos comerciais, são oferecidos mediante solicitação do empresário. 

A instituição Bombeiro Militar do Amapá possui  a fiscalização preventiva, onde os diversos tipos de comércio do município são visitados, verificam-se os problemas, o estabelecimento é notificado (notificação é o documento que convida o dono do estabelecimento a realizar os reparos necessários segundo a Legislação para que a segurança de sua clientela seja garantida) e depois de um prazo, é feita nova vistoria para averiguar se as mudanças foram efetuadas para que seja confeccionado o seu Álvara de Vistoria e, de posse deste, possa funcionar sem impedimentos ou problemas com a fiscalização.

Abaixo tem-se um gráfico das vistorias realizadas no Primeiro Semestre de 2012 no município de Santana.





Para que sejam feitas as vistorias, o empresário paga uma taxa que varia de acordo com o tipo de negócio e tamanho da empresa.

Pergunta-se então:"Para onde vai esse dinheiro pago para se fazerem as vistorias?"

O valor arrecadado vai para um fundo denominado Fundo de Reequipamento do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amapá, o FREBOM. 

O dinheiro do FREBOM é destinado à promover a manutenção e o custo de equipamentos para que o serviço bombeiro militar não fique parado. Insere-se nesse contexto a aquisição de veículos, de equipamentos de telecomunicação, informática, de material utilizado nas perícias de incêndio, enfim, tudo que sirva para prover a instituição de  equipamentos de consumo ou algum bem durável indispensável a labuta de salvar vidas. (Lei nº 0789, de 29 de Dezembro de 2003)

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

10 dicas para evitar o Afogamento


Caros amigos, as férias terminaram mas as pessoas ainda gostam de tomar banho nos diversos balneários de nossa cidade.

Essa é uma diversão que costuma deixar o Corpo de Bombeiros sempre alerta pois alguns banhistas abusam da autoconfiança, do álcool, e da sorte quando vão para as praias, piscinas e igarapés, colocando a família em risco e a própria vida também, com atos imprudentes que geram o afogamento.


Não se pode mais pensar em se ter o resgate de um afogado como uma prática comum, o ideal é se divertir sem problemas. Para tanto, manter a segurança e se prevenir é importante, abaixo, vão 10 dicas de ouro para evitar o afogamento: