sexta-feira, 17 de agosto de 2012

O início do dia a dia no serviço bombeiro militar


Ambulância aguardando a guarnição para o recebimento
do serviço
O dia de um bombeiro militar começa cedo, normalmente se entra em forma em frente à bandeira do Brasil às 07:45h. A guarnição se reúne em frente à Bandeira por vários propósitos: Para cumprir o ritual do asteamento, sendo que a Bandeira do Brasil é um dos símbolos máximos da nossa pátria;  para ter conhecimento do oficial de dia, militar que está no comando do serviço e que, neste momento, dirá como ele deseja que se transcorra o serviço, ele ditará as regras à guarnição que passará 24h dentro do quartel; neste encontro inicial, é também realizada uma oração, um militar sai de forma e pede à Deus, junto com os demais bombeiros, a benção e a proteção divina no decorrer do dia. 

Recebimento de material da viatura ABT de Combate a Incêndio

Feito isto, todas as guarnições se dirigem às suas viaturas de Combate a Incêndio, Ambulância e Auto Busca e Salvamento para fazerem o recebimento do serviço. Nesse contexto, os militares conferem o material da respectiva viatura onde irão trabalhar, ligam, testam, checam sua funcionalidade, verificam se estão em boas condições de uso e encaminham os problemas para o mais antigo da guarnição tomar as providências cabíveis.


Este momento de checagem de material é de extrema importância para o militar pois é aqui que detectarão possíveis problemas de uso ou deficiências nos equipamentos, esse é o momento oportuno, antes de usá-los em ocorrência real, isso ajuda a evitar transtornos no momento do combate.
Recebimento de material da viatura Auto Busca e Salvamento

Recebimento da viatura de emergência médica.

A passagem de serviço se caracteriza pela guarnição que está saindo do plantão e que passa o serviço para a guarnição que receberá novo plantão do dia.


O recebimento do serviço não pode ser feito de forma rápida para que nenhuma anormalidade passe despercebida, ela é lenta, feita de forma minuciosa para que nenhum detalhe escape aos olhos. 


São cobrados na passagem de serviço a quantidade de material de cada viatura, a funcionalidade dos mesmos, as quantidades de alterações nestes materiais, a limpeza dos equipamentos e da própria viatura, enfim, é um ritual onde o padrão é exigido para que o militar possa ter em ocorrência, a garantia de que aquele material estará funcionando de acordo com o que a situação exigir, por isso são feitos testes, para diminuir a incidência de acidentes e eventualidades em ocorrências reais.


Um dos quesitos do recebimento é a calma e paciência para
checagem correta do material.
O dia a dia de um bombeiro militar se inicia dessa forma, recebendo as condições dos seus equipamentos e ambiente de trabalho.


Fotos: Seção de Comunicação Social da 5ª CI/ COI.










Nenhum comentário: