sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Internet na 5ª Companhia Independente agora é realidade

Tenente BM Adalberto na Seção de
Comunicação Social da 5ª CIA

O Comando da 5ª Companhia Independente sempre buscou a qualidade no seu serviço, por esse motivo, foram realizadas inúmeras discussões sobre a melhor forma de se implantar a internet em nossos departamentos.
A SAL obteve apoio significativo após a chegada dos oficiais complementares que, na pessoa do senhor 1º tenente BM Adalberto Tó de Araújo Junior, chefe da divisão de informática no quartel do Comando Geral, veio unir suas forças conosco em prol desse projeto.
Muitos orçamentos foram discutidos, ações para levantar os fundos necessários à compra desse material  foram realizadas  e muito empenho de todos os militares envolvidos.
Hoje, vê-se que valeu a pena pois a internet está funcionando a todo vapor.
Pesquisas importantes são realizadas, a comunicação tornou-se mais ágil, atualizações do Blog da Companhia são feitas em tempo.
Nossos serviços são dinamizados por esse recurso tão indispensável em qualquer repartição pública.

Foto: SECOMS 5ª CIA.

Húngaros aventureiros visitam 5ª CIA do Corpo de Bombeiros em Santana

Mapa da Hungria
Ontem chegava à nossa Companhia Independente dois cidadão húngaros pedindo abrigo em nosso quartel, os mesmos queriam estada segura por uma noite, partiriam cedo pela manhã.

Ferenc Ivanics e Istvan Ivanics são irmãos, não possuem esposas, têm aproximadamente 39 anos, possuem pais ainda vivos e estão visitando o Brasil por conta da vivência de uma última aventura antes de aquietarem o espírito aventureiro.

São praticantes de montanhismo e outras atividades consideradas radicais, estão há pelo menos 4 anos longe da Hungria, seu país de origem. Saíram pelo mundo em busca de novos conhecimentos, fazem suas viagens a pé, são andarilhos por opção, até o momento percorreram 40.000 km, no Brasil já se somam 19.000 Km percorridos.


Ferenc Ivanics.
Estão felizes e satisfeitos em andar por aí conhecendo novas culturas e línguas, Ferenc Ivanics é o mais falante da nossa língua portuguesa e complementa sobre a experiência inusitada: "é uma escola". Outro objetivo é entrar e contato e conhecer pequenas comunidades húngaras instaladas no mundo.

Sd BM Cardoso,
 Ferenc Ivanics e Istvan Ivanics,
os andarilhos húngaros. 
O trajeto é feito a pé com suas mochilas onde carregam tudo o que precisam, contam com a hospitalidade das pessoas que encontram, sempre fazem assim, caminham um mês e se instalam no outro e algum lugar para trabalhar e arrecadar dinheiro para o restante da jornada.

Boa sorte a estes cidadãos nas descobertas de novas experiências ao longo deste caminho que escolheram.

Fotos: 5ª CI/ COI;
www.1.bp.blogspot.com