quinta-feira, 8 de junho de 2017

Militar do 5º GBM participa de Oficina sobre conduta na internet

Sd BM Aliciana, militar do 5º GBM; Rodrigo Nejm, Diretor da ONG SaferNet Brasil;
Rodolfo Lopes, Procurador Regional dos Direitos do Cidadão; Rodolfo Vale, Servidor do MPF/AP.

O projeto "Ministério Público pela Educação digital nas Escolas" é uma iniciativa que visa promover a orientação de educadores da rede pública no combate a comportamentos de crianças e jovens que fazem práticas de ciberbullying (bullying através da internet) e sexisting (compartilhamento em redes sociais de fotos ou vídeos com cenas de nudez ou sexo). 


Através do Ministério Público Federal do Amapá, que é parceiro do Comitê Gestor da Internet no Brasil, ocorreu no dia 07 de junho último, no auditório do SEBRAE-AP, durante os períodos matutino e vespertino a oficina "Segurança, Ética e Cidadania na internet: educando para boas escolhas online".

A oficina de capacitação alcançou cerca de 200 educadores da rede estadual e municipal do Estado do Amapá, Bombeiros Militares, Policiais Militares e Civis, integrantes de Centros de referência de Assistência Social, do Instituto Federal do Amapá, dentre outros órgãos. 

Dentre os militares do Corpo de Bombeiros do Amapá, a soldado BM Aliciana,do 5º Grupamento, se fez presente na oficina e aproveitou cada momento para adquirir ensinamentos sobre o tema.

Em um mundo onde as crianças têm acesso cada vez mais cedo à tecnologia através de equipamentos de comunicação como tablets, celulares, smartphones e até computadores, faz-se necessário equalizar essa relação entre os usuários e os meios tecnológicos para que sejam amenizados comportamentos característicos dessas gerações que vivenciam fortemente a tecnologia a ponto de sofrerem efeitos negativos dela.

A palestra e os debates foram conduzidos pelo psicólogo Rodrigo Nejm, diretor da organização não governamental SaferNet Brasil, instituição que foi criada em 2005 para combater a pornografia infantil na internet brasileira. 

Os participantes tiveram a oportunidade de serem capacitados sobre ciberbullying e debater sobre como deveriam proceder na orientação de crianças e adolescentes para diminuir a super exposição da imagem que os deixa vulneráveis aos perigos da internet bem como diminuir o estímulo à violência infantil nesse palco volátil onde a informação caminha a passos largos se alastrando de forma avassaladora. Foi distribuído ainda material pedagógico contendo dicas de como os educadores podem ajudar as crianças a usarem a tecnologia a seu favor, de maneira segura e com responsabilidade.

Esteve presente no evento também o procurador regional dos Direitos do Cidadão, o senhor  Rodolfo Lopes que enfatizou o papel do Ministério Público Federal em prover pelas garantias constitucionais sobretudo a importância de se realizarem eventos como esse que trouxessem à tona temáticas imprescindíveis ao bom desenvolvimento do público infantil gerando assim, adultos responsáveis quanto ao uso da internet, conscientes dos seus direitos e deveres no ambiente virtual.

Para o 5º Grupamento Bombeiro Militar que também possui um papel social no seio da população, o de orientar e de educar através de palestras e oficinas, é importante que nossos militares estejam capacitados acerca dos temas urgentes do nosso tempo para darem uma resposta mais eficaz e eficiente no campo educacional.

Texto: Seção de Comunicação Social - SECOMS 5º GBM. 
5ciasantana@gmail.com

Colaboradora: Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público Federal do Amapá:
prap-ascom@mpf.mp.br
www.twitter.com/mpf_ap
www.fb.com/mpfederal

Nenhum comentário: